[ editar artigo]

Arquitetura Sustentável

Arquitetura Sustentável

A sustentabilidade tem como base três aspectos: o ambiental, o econômico e o social, que devem estar em equilíbrio. Como estes aspectos representam variáveis independentes, as escolhas resultantes serão diferentes em cada situação apresentada  na solução da arquitetura sustentável.

Portanto, não existe receita nem cálculo absoluto que determine o que deve ser feito ou não, para que um projeto caminhe na direção de uma maior sustentabilidade, sendo a proposta de cada projeto fruto de escolhas específicas, únicas e originais.

A busca pelo caminho da maior sustentabilidade cabe a todos os envolvidos no projeto e na execução do ambiente edificado. É um trabalho coletivo, onde todos devem fazer sua parte e ao mesmo tempo incentivar os demais a fazê-lo.

Embora as novas tecnologias estejam constantemente desenvolvidas para complementar as práticas atuais na criação de estruturas mais ecológicas, o objetivo comum é que edificações sustentáveis sejam projetadas para reduzir o impacto global do ambiente construído, sobre a saúde humana e o ambiente natural.

No contexto mais amplo, a arquitetura sustentável visa minimizar o impacto ambiental negativo das edificações por aproveitamento dos recursos naturais (como por exemplo, iluminação natural), racionalização do uso de energia, uso de sistemas e tecnologias que permitam redução no consumo de água (reuso, aproveitamento da água de chuva), áreas para coleta seletiva de lixo (reciclagem), utilização tecnologias para regular acústica e temperatura, criando um ambiente mais saudável.

Uma construção sustentável (também chamada de construção verde), utiliza materiais e tecnologias biocompatíveis, que não agridem o meio ambiente, seja durante o processo de obtenção, fabricação, aplicação e durante a sua vida útil.

Para tanto, é necessário utilizar produtos à base de água ou 100% sólidos, pois estes materiais não emitem gases nem odores quando em contato com o oxigênio.

Enquanto as práticas, ou tecnologias empregadas na construção verde estão em constante evolução e podem variar de região para região, os princípios fundamentais persistem:  Implantação e eficiência do projeto Estrutural, Eficiência Energética, Eficiência da Água, Eficiência de Materiais, Qualidade Ambiental interior Aperfeiçoamento e Operações e Otimização da manutenção e de Resíduos e Redução de Tóxicos

A essência da construção verde é uma otimização de um ou mais destes princípios. 

Além disso, com o projeto adequado, cada uma das tecnologias de construção verde pode trabalhar em conjunto para produzir um maior efeito cumulativo.

-   Aquecimento Solar da água

-   Captação da água da chuva

-   Cobertura verde

-   Consultoria edifício sustentável

-   Eficiência Energética

-   Gerenciamento de resíduos de construção

-   Materiais de construção Sustentáveis

-   Orientação Solar

-   Sistemas de Esgoto

-   Uso de Energia Sustentável

-   Regulamentação e Operação

-   Política de Gestão Ambiental

-   Selos Verdes na Construção Civil

 

A ideia de sustentabilidade, ou design ecológico, é garantir que nossas ações e decisões de hoje não inibem as oportunidades das gerações futuras.

 

Arquiteto Sustentável
Arquiteto Sustentável
Arquiteto Sustentável Seguir

A Comunidade ARQUITETO SUSTENTÁVEL é uma plataforma colaborativa e ativa, que possui recursos para disponibilizarmos materiais e também para que você possa criar os seus. Fazendo assim, parte deste movimento em pro da ARQUITETURA SUSTENTÁVEL!

Ler conteúdo completo
Indicados para você