Essa é uma pergunta muito frequente entre os arquitetos, engenheiros, construtores, profissionais da construção em geral e entusiastas em construir no sistema construtivo steel frame ou light steel framing, pois trata-se do item primordial para a execução de uma construção no sistema.

 

Onde?

 

Na maioria dos casos, como não há uma abordagem grande sobre o tema, os profissionais envolvidos no processo de desenvolvimento do projeto arquitetônico e complementares, buscam as empresas fabricantes para tirar eventuais dúvidas e a resposta a essa pergunta. Estas por sua vez, os responde orientando-os que a solução são eles mesmos, que fazem tudo, desde de projeto do aço até a fabricação.

É claro que isso tem o propósito e o interesse de não perder o cliente, forçando-o a fechar o contrato do serviço como um todo.

Em paralelo a essa solução imposta pelos fabricantes, surge no mercado, um novo nicho que são empresas especializadas no desenvolvimento de projeto em steel frame ou light steel framing.

Durante os últimos anos trabalhando com esse sistema construtivo, e analisando as experiências neste período, posso afirmar que a segunda possibilidade, de contratar escritórios especializados em projetos estruturais de steel frame ou light steel framing, é uma  solução muito interessante e viável.

 

Como?

 

Para entendermos o porquê dessa afirmação, precisamos entender como funciona o processo de um projeto de steel frame ou light steel framing:

 

  • primeiramente o projetista elabora uma maquete eletrônica de toda a estrutura de maneira sólida (sem o desenho dos perfis metálicos), onde através desta maquete submete-se simulações de cargas e situações extremas para o dimensionamento da quantidade de aço estimada para o projeto;

 

  • Com a finalização desta primeira etapa, o calculista já possui uma estimativa de aço que será utilizada na construção e consequentemente, o memorial de cargas da estrutura (veja na imagem abaixo um exemplo de memorial de cargas), informação fundamental para o desenvolvimento do projeto estrutural de fundação;

memorial-de-cargas-celio-valenga

Memorial de cargas de uma residência em steel frame ou light steel framing.

radier-celio-valenga

Exemplo de projeto estrutural de fundação tipo radier, geralmente contratado a parte, engenheiro calculista.

 

  • Após essa etapa, o projetista desenha toda a estrutura, perfil a perfil com todas as divisões, painéis, contraventamentos, laje, escada, laje técnica, coberturas, etc … e são feitos as compatibilizações dos projetos complementares:
  1. projeto elétrico;
  2. projeto hidráulico;
  3. estrutural fundação;
  4. entre outros que possam fazer parte do projeto.
  • Após esta etapa, a estrutura é submetida a novas simulações e ajustes até a aprovação, como uma estrutura segura (veja na imagem abaixo um exemplo de estrutura finalizada);

2014-145-celio-cv01-01-l-s-f

Exemplo de projeto estrutural desenvolvido em parceria entre Arquie- Arquitetura Eficiente e GOMBOC.

 

  • Com a estrutura finalizada, é gerado o visualizador da estrutura (veja no vídeo abaixo um exemplo de visualizador);

 Exemplo de projeto estrutural desenvolvido em parceria entre Arquie- Arquitetura Eficiente e GOMBOC.

 

  • A etapa que segue é a elaboração dos cadernos de montagem:

 

Caderno 1 – Memorial de projeto (O objetivo deste documento é apresentar as normas, especificações de materiais, critérios de cálculo e os resultados obtidos através do dimensionamento da estrutura em aço leve (light steel framing);

Caderno 2 – Detalhamento de painéis (Este caderno tem por objetivo apresentar as informações para o processo de montagem de painéis, conforme imagem abaixo);

detalhamento-painel

Exemplo de projeto estrutural desenvolvido em parceria entre Arquie- Arquitetura Eficiente e GOMBOC.

Vista Frontal (1) Este detalhe apresenta a vista frontal do painel. Estão contidas as cotas verticais e horizontais (em vermelho) da modulação do painel onde os perfis devem ser parafusados começando a partir da cota “0”. Os perfis possuem uma identificação (em azul) que corresponde ao item da lista de corte de soldagem do painel (5), onde estão as descrições de cada perfil.

Vista Superior (2) Este detalhe apresenta a planta baixa de cada painel. O objetivo é mostrar o sentido em que cada perfil deve ser instalado dentro do painel. Estão contidas as cotas horizontais (em vermelho) da modulação do painel onde os perfis devem ser parafusados a partir da cota 0.

Corte Lateral (3) Este detalhe apresenta o corte lateral cada painel. O objetivo é mostrar os perfis que são parafusados na face externa do painel. Estão contidas as cotas verticais (em vermelho) onde os perfis devem ser parafusados a partir da cota 0.

Vista Isométrica (4) Este detalhe apresenta a vista isométrica de cada painel. O objetivo é mostrar os detalhes que ficaram ocultos na vista frontal do painel. Estão contidas as descrições dos perfis (em azul) de acordo com a lista de corte de soldagem do painel (5).

Lista de corte de soldagem (5) Esta lista apresenta as informações dos perfis (item, descrição, espessura, quantidade e comprimento) de cada perfil o qual está destacado o item (em azul) na vista frontal de cada folha de detalhamento.

OBSERVAÇÃO: As folhas podem apresentar notas importantes que devem ser seguidas no processo de montagem de painéis.

Caderno 3 – Detalhamento Técnico (veja na imagem abaixo um exemplo de detalhamento técnico);

detalhamento-tecnico

Exemplo de projeto estrutural desenvolvido em parceria entre Arquie- Arquitetura Eficiente e GOMBOC.

 

Caderno 4 – Lista ou quantitativo de Materiais;

 

  • Salvar o arquivo do projeto aço em linguagem de máquina para a produção (geralmente neste processo a indústria é a responsável, e algumas costumam cobrar uma taxa para esse serviço).

 

Agora que você já visualizou o tamanho do processo envolvido na elaboração do projeto em steel frame ou light steel framing, posso afirmar que quando o cliente faz a opção por fechar diretamente com uma indústria, está assinando a contratação de um produto sem ao menos ele ter sido finalizado, e além disso não teve a possibilidade de barganha de preço entre os fornecedores.

Já na opção de contratação de um escritório especializado, o cliente tem a possibilidade de barganhar com várias indústrias, a produção e o fornecimento do aço, além de fortalecer e melhorar a concorrência saudável entre as indústrias.

Alguns pontos positivos nesta decisão:

  • o cliente tem a possibilidade de testar todo o projeto, da maneira como foi concebido e acompanhar etapa a etapa.
  • o cliente não centraliza todo o processo sobre um único fornecedor apenas;
  • e o principal, possui o poder da barganha em poder negociar com cada indústria e fechar contrato com aquela que passar mais confiança e propor o melhor negócio.

Algumas escritórios especializados em projeto Steel Frame ou Light Steel Framig:

  • Gomboc

http://www.gomboc.com.br/

  • Up Rise

http://www.upriseframing.com.br/projetos-uprise/

http://rcubo.com.br/

Algumas indústrias especializadas em produção de estruturas em  Steel Frame ou Light Steel Framig:

  • Smart Sistemas Construtivos

http://smartsistemasconstrutivos.com.br/

  • Barbieri

http://www.barbieridobrasil.com.br/productos.php

  • Imecon

http://www.imecon.com.br/html/index.html

  • PTH do Brasil

http://www.pthdobrasil.com.br

  • Center Steel

http://centersteel.com.br/

  • Araucária Ferro e Aço

http://www.araucariaferroeaco.com.br/

 

Conclusão

Com base em todas essas informações relacionadas acima, e levando em conta a minha experiência em projetos realizados, posso afirmar que no mercado atual, o steel frame ou light steel framing é seguramente o sistema construtivo que tem o maior crescimento e outros existentes, e o propósito deste post é ajudar alavancar ainda mais esse mercado bilionário, pois somente com informações relevantes e um mercado mais colaborativo, poderemos alavancar um crescimento sustentável do uso deste sistema.

Respondendo a pergunta título deste post, as duas maneiras de fazer projeto em steel frame ou light steel framing são:

  • diretamente através da indústria produtora do sistema;
  • ou através de empresas especializadas em projetos em steel frame ou light steel framing.

Deixo minha opinião baseada na minha experiência e vivência na elaboração e execução de projetos e obras em steel frame ou light steel framing, e concluo que vale muito a pena esse tipo de construção e realmente pode ser solução para quem procura uma construção eficiente e sustentável.

Sou um defensor do sistema como solução construtiva e se você quiser saber mais sobre o tema, baixe nosso e-bookPasso a Passo para criar projetos  de casas sustentáveis em steel frame e container”.

Elton Lira

Arquiteto e empreendedor apaixonado por arquitetura sustentável aliada à tecnologia. Entusiasta lutando por uma classe de arquitetos mais unidos.

Mais posts - Site

  • anderson

    Olá, Elton. Ótimo texto, me deixou mais esclarecido.
    Tenho duas dúvidas que talvez possa me ajudar. A primeira é se a mesma empresa que fabrica os painéis pode também fornecer a instalação e montagem? Entendo que a fundação deve estar pronta.
    A segunda é sobre o download do seu e-book. Ao invés de o seu sistema de assinatura pedir meus dados de contato esta pedindo que eu informe uma senha (a qual não possuo). Há outra forma de obter uma copia do material?
    Agradeço.